infoCenter

EDP Distribuição

infoCenter > Destaques > 2018 > Limpeza de Floresta - um investimento de 25 milhões de euros

Limpeza de Floresta - um investimento de 25 milhões de euros

segunda-feira, 14 de Maio de 2018

Nos últimos cinco anos a EDP Distribuição efetuou a limpeza da floresta numa extensão de 40.000 km da rede aérea de Alta e Média Tensão - Um investimento de 25 milhões de euros. 

 

 

 

 

A EDP Distribuição tem assegurado a limpeza e manutenção das faixas de proteção das linhas e das faixas de gestão de combustível, ou seja, tem especial atenção para com os terrenos por baixo das linhas elétricas numa largura de 15 metros nas linhas de Média Tensão e 25 metros nas de Alta Tensão.  

Estes critérios, aplicáveis à Gestão de Combustível no âmbito do Sistema Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndio, enquadram-se no determinado pelo Diploma aprovado em Conselho de Ministros em 25 de janeiro de 2018 e promulgado pelo Senhor Presidente da República a 6 de fevereiro.

Nos últimos cinco anos a EDP Distribuição efetuou, regularmente, a limpeza da floresta numa extensão de 40.000 km da rede aérea de Alta e Média Tensão o que representou um investimento de 25 milhões de euros. 

 

 

Todas estas intervenções são efetuadas em parceria com empresas especializadas, em colaboração com as autarquias e no rigoroso cumprimento da legislação em vigor e dos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios. 

Espécies protegidas como o sobreiro ou as azinheiras são poupadas, tal como a lei exige, sendo podadas ou decotadas se necessário. Depois de intervencionada a zona, os postes de eletricidade são sinalizados com o ano de intervenção garantindo uma adequada gestão do cadastro. 

 

Paralelamente a estas ações de limpeza florestal, a EDP Distribuição mantém a rede elétrica aérea sob vigilância permanente, com programas de monitorização das linhas, recorrendo de forma crescente a novas tecnologias. São realizadas inspeções visuais, termográficas e com medição por laser, garantindo por essa via a verificação da distância regulamentar dos condutores às árvores suportando planos de manutenção preditiva e corretiva. Este procedimento, realizado há alguns anos com helicóptero, tem sido efetuado, mais recentemente também com recurso a drones. 

Esta intervenção tem contribuído para tornar as linhas aéreas mais resilientes a fenómenos atmosféricos adversos que têm ocorrido com maior frequência nos últimos anos, sendo essencial para a prevenção dos fogos florestais, facilitando uma intervenção direta ao seu combate e reduzindo os efeitos da sua passagem. As ações são efetuadas em colaboração com as Autarquias, seguindo Planos Municipais da Floresta Contra Incêndios com rigoroso cumprimento da legislação em vigor  

 

Recordamos também que os proprietários dos terrenos, quando do estabelecimento e atravessamento das Linhas Aéreas de Alta e Média Tensão, são indemnizados pela constituição da faixa de servidão. De acordo com a legislação em vigor, os proprietários terão a primeira responsabilidade em não consentirem e não plantarem vegetação que possa colocar em perigo a exploração das linhas aéreas.

 

Veja a reportagem

 

 

Fique a saber mais consultando os documentos:


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.