Stakeholders
Valorizar o envolvimento

Visão estratégica

Ouvir, compreender e colaborar com os nossos stakeholders através de um processo dinâmico e que cria valor partilhado permite-nos antecipar desafios, minimizar os riscos do negócio e criar novas oportunidades de relacionamento.

O envolvimento dos stakeholders no modelo de governação é, pois, mais do que a explicitação de uma boa prática empresarial: constitui uma alavanca de competitividade com impacto positivo no desempenho da EDP Distribuição.

 

Missão e objetivos

Contribuir para um envolvimento eficaz e genuíno dos stakeholders da EDP Distribuição, superando o simples cumprimento dos requisitos formais da legislação, é a missão da gestão de stakeholders da EDP Distribuição, cujos objetivos são:

  • Identificar de forma dinâmica e sistemática os stakeholders que influenciam e são influenciados pelas atividades da EDP Distribuição;

  • Conhecer a perceção que os stakeholders da EDP Distribuição têm sobre a empresa e quais os temas que consideram relevantes na interação com a organização;

  • Fortalecer a relação de confiança, transparência e proximidade com todos os stakeholders da EDP Distribuição;

  • Integrar as expetativas dos stakeholders na gestão da EDP Distribuição;

  • Identificar riscos e oportunidades emergentes do relacionamento com os stakeholders;

  • Identificar, explorar e desenvolver novas oportunidades de criação de valor, quer através do diálogo com as várias áreas e unidades de negócio da EDP Distribuição, quer através da dinamização de projetos transversais com os stakeholders;

  • Fazer da gestão de stakeholders um exercício tangível com impacto positivo na empresa.

 

 

Metodologia

A metodologia de stakeholders da EDP Distribuiçãobaseia-se numa política e em procedimentos próprios de relacionamento e divide-se em quatro etapas de atuação:

Visão interna

  • Identificação, segmentação e priorização dos stakeholders;

  • Identificação dos temas relevantes;

 

Visão externa

  • Definição de um modelo de auscultação dos stakeholders para conhecer os temas que consideram relevantes, bem como expectativas e perceção sobre a EDP;

  • Identificação de riscos e oportunidades;

 

Plano de ação

  • Definição do modelo de relação com os stakeholders;

  • Definição das ações para gerir os temas relevantes, em consonância com a estratégia e objetivos da EDP Distribuição;

 

Monitorização e reporte

  • Seguimento do estado da relação com os stakeholders;

  • Identificação de boas práticas e lessons learned;

  • Produção da informação necessária sobre os resultados obtidos e publicação anual de um relatório de stakeholders.

Identificamos e agregamos os nossos stakeholders em quatro categorias:

Veja Tudo Feche Tudo
Cadeia de valor

O segmento Cadeia de valor tende a valorizar como críticos temas como as tarifas e preços de energia, a composição da factura de eletricidade, as alterações climáticas (concretamente a promoção de eficiência energética nos consumos) ou a inovação (redes inteligentes).

Mercado

O segmento Mercado considera críticos temas como a sustentabilidade financeira (nomeadamente a dívida, o contexto macroeconómico e a estratégia da EDP Distribuição) e a regulamentação, taxas e subsídios (enquadramento regulatório).

Democracia

O segmento Democracia identifica como temas mais relevantes as alterações climáticas (promoção da eficiência energética no consumo, a aposta em energias renováveis e as tarifas e preços da energia (défice tarifário).

Envolvente social e territorial

O segmento Envolvente territorial e social dá particular ênfase a temas como a iluminação pública, as alterações climáticas (promoção de eficiência energética no consumo, a aposta em energias renováveis) e as tarifas e preços da energia (preço da eletricidade e o défice tarifário).