Notícias
COVID-19: EDP Distribuição reforça as medidas de contingência

Clientes podem recorrer aos canais digitais da Empresa ou ao Contact Center.

A EDP Distribuição reforçou as medidas do seu Plano de Contingência, acionado a 6 de março, de modo a garantir a continuidade da distribuição de energia elétrica em todo o país, de forma segura e em plena concordância com as recomendações das entidades de saúde e governamentais perante a pandemia do vírus COVID-19.

Nesse sentido, a Empresa ajustou as suas atividades, colocando em teletrabalho 1850 colaboradores que têm capacidade para exercer funções a partir de casa e os restantes permanecem em atividades operacionais críticas nos centros de comando de rede e instalações técnicas dispersas no país, por forma a garantir a resposta operacional em situações de avaria.

Outras operações de carácter técnico serão reduzidas, respondendo fundamentalmente a situações que possam vir a colocar em causa a continuidade do fornecimento de energia em segurança.
As ordens de serviço solicitadas pelos clientes, como alterações contratuais ou ligações à rede, deverão manter-se, na medida em que a capacidade no terreno o permita.

Estas são medidas excecionais, que exigem a compreensão de todos. Durante este período, recomenda-se assim, que sejam apenas reportados os pedidos de carácter mais urgente, nomeadamente avarias ou situações de risco.

As leituras serão asseguradas apenas aos equipamentos que se encontrem no exterior das habitações. Sublinha-se que existem já instalados cerca de 2,5 milhões de equipamentos de medição inteligente com leitura remota. 

Adicionalmente, foi decidido encerrar os 23 pontos de atendimento ao público espalhados pelo país, como medida de carácter preventivo e de controlo da propagação do coronavírus.

A EDP Distribuição tem ao dispor de qualquer cidadão canais digitais a empresa através do site e da APP EDP Distribuição, ou ao serviço de Contact Center com as linhas 808 100 100 (informações), 800 506 506 (avarias), ou 800 507 507 (registo de leituras).

A EDP Distribuição, enquanto Operadora de Rede de Distribuição de energia elétrica, que presta um serviço público, espera com estas medidas, por um lado contribuir para a mitigação da propagação do vírus e simultaneamente, continuar a assegurar o fornecimento de energia a todos os cidadãos.