Inovação

 

O projeto InteGrid pretende fazer a ponte entre cidadãos, tecnologia e outros agentes do sistema de energia.

Com um orçamento de cerca de 15.000.000 e duração de 42 meses, o projeto irá demonstrar como as operadoras de rede de distribuição podem facilitar a participação ativa dos stakeholders nos novos mercados de energia, mais flexivéis, bem como na implementação de novos modelos de negócios, fazendo uso de novas abordagens para a gestão de dados e envolvimeto do consumidor.

Com 14 parceiros de oito países europeus, o projeto InteGrid também demonstrará soluções escaláveis ​​e replicáveis ​​num ambiente integrado, permitindo que o planeamento e a operação das redes de distribuição sejam otimizados em cenários de alta penetração de fontes de energia renováveis, de forma estável e segura, e económica, usando a flexibilidade de uma ampla gama de tecnologias e recursos a terceiros.

O consórcio engloba a cadeia de valor da distribuição e inclui três operadores de rede e seus fornecedores; empresas inovadoras de tecnologias de informação e comunicação e fabricantes de equipamentos; start-up na área de envolvimento da comunidade; instituições de investigação e desenvolvimento (I&D) e um número alargado de consumidores com parte  ativa no projeto.

Os conceitos e abordagens do InteGrid são baseados em dois elementos principais: no papel do operador de rede de distribuição como "System Manager" e facilitador de mercado, neutro e ativo; e na capacidade de demonstração, escalabilidade e replicabilidade de soluções em três diferentes contextos geográficos, operacionais e regulatórios, visando também a evolução futura do mercado e o marco regulatório de atuação.


Início: janeiro de 2017

Conclusão: junho de 2020

Orçamento: €14.533.617,51