Dossiê Temático
Investimento de 799 milhões de euros

 

A EDP Distribuição — empresa que transporta eletricidade até casa dos consumidores — vai investir 799 milhões de euros na rede elétrica até 2021, altura em que devem ficar em exploração mais nove subestações e 1500 quilómetros de rede de alta e média tensão.

O Plano de Desenvolvimento e Investimento da Rede de Distribuição de Eletricidade (PDIRD) foi aprovado em julho de 2018 pelo Governo. Recorde-se que, de forma a cumprir as novas regras que entraram em vigor no início de 2017, o documento teve de ser discutido na Assembleia da República, antes da aprovação do Executivo.

Assim, ”no futuro, e dando continuidade à forte aposta que a empresa tem feito nos últimos anos de constante modernização e automatização da rede elétrica, estes investimentos vão permitir manter a trajetória de redução das assimetrias da qualidade de serviço", como refere a EDP Distribuição numa nota de imprensa, explicando que nos últimos 12 anos realizou um investimento de 3,8 mil milhões de euros na rede eléctrica.

A segurança do abastecimento de eletricidade, a qualidade de serviço da rede, a eficiência da rede, a eficiência operacional e o acesso a novos serviços são os "cinco pilares estratégicos e fundamentais" do plano de investimentos da EDP Distribuição.

A EDP Distribuição é, atualmente, a empresa concessionária da rede de distribuição de alta e média tensão em Portugal Continental e das redes de baixa tensão dos 278 municípios portugueses, distribuindo eletricidade para 99,5% dos pontos de entrega nacionais, num total de 6,1 milhões de clientes.